Usuários tendem a compartilhar notícias na internet sem ler, confirma estudos

Em tempos de redes sociais e do acesso quase ilimitado a conteúdo, há quem diga que muitas pessoas compartilham notícias, reportagens e artigos na internet sem tê-los lido ainda. Essa "crença popular" da era digital acaba de ser confirmada por um estudo da Universidade de Columbia, nos EUA.
Os pesquisadores monitoraram URLs de alguns dos veículos de imprensa mais populares do país - BBC, CNN, Fox News, The New York Times e The Huffington Post -, compartilhados no Twitter durante um mês. Cruzando dados de audiência, foi possível constatar que 59% desses links jamais foram abertos, mesmo que tenham sido compartilhados algumas milhares de vezes.
"As pessoas estão mais dispostas a compartilhar um artigo do que lê-lo", diz Arnaud Legout, um dos responsáveis pelo estudo. "Isso é típico da maneira moderna de se consumir informação. As pessoas formam uma opinião com base em um resumo, ou um resumo do resumo, sem fazer um grande esforço para se aprofundar no assunto."
Compartilhar Google Plus

Autor Laudison Almeida

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial