OS 11 JOGOS DE REALIDADE VIRTUAL MAIS AGUARDADOS DE 2016

2016 é o ano em que os jogos de realidade virtual podem explodir no mercado. O Samsung Gear VR foi lançado no ano passado, asvendas em pré-lançamento do Oculus Rift já estão abertas (mas não no Brasil, infelizmente) e o HTC Vive e PlayStation VR já têm preços e janela de lançamento definidos. Apesar de o primeiro ano com qualquer nova tecnologia ser, ao menos tipicamente, cheio de problemas e dores de cabeça, é difícil não ficar animado com as novidades. E nós aqui sabemos que vocês estão animados.
É verdade que a realidade virtual tem funções vastas, mas seu óbvio potencial para games foi o que mais nos deixou na expectativa. Qualquer um que já jogou algum título com um headset VR sabe quanto essa experiência pode ser imersiva. Independente de você estar animado ou cético quanto ao potencial da nova tecnologia, confira os 11 games que deveriam estar no seu radar em 2016.

Edge of Nowhere

Plataforma: Oculus Rift
Quando a maior parte das pessoas pensa em jogos de realidade virtual, elas pensam em lutas em primeira pessoa e ações super imersivas. Edge of Nowhere, sem dúvidas, vai se exceder nesse sentido. O game é um pacotão de ação e experiencias de imersão, tudo isso em uma perspectiva em primeira pessoa que certamente vai tirar nosso fôlego.

100 Ft. Robot Golf

Plataformas: PlayStation 4 e PlayStation VR
Só o nome de 100 Ft. Robot Golf já diz tudo o que você precisa saber para se empolgar com esse jogo. Como o título implica, você vai controlar robôs de 30 metros de altura para... jogar golfe. Parece um dos games mais hilários e divertidos que vão chegar para a realidade virtual. Robôs gigantes e coloridos destruindo prédios (e eles mesmos) tentando colocar uma bola gigante em um buraco gigante é tudo o que a gente sempre quis e não sabia.

EVE: Valkyrie

Plataformas: Oculus Rift e PlayStation VR
Desde a primeira vez que testamos EVE: Valkyrie, nós sabíamos que esse seria um game especial. Quando você senta na cadeira da sua nave espacial e olha ao redor, o cenário espacial instantaneamente se torna crível e imersivo. Apesar de voarmos em velocidades rápidas o suficiente para serem mortais, nós podemos observar o ambiente para encontrar inimigos e pilotar a nave com maestria. É um dos games mais bonitos já feitos, independente de ser VR ou não -- e nós mal podemos esperar para botar nossas mãos (e olhos) em Valkyrie.

The Climb

Plataforma: Oculus Rift
Imagine ficar pendurado a vários metros de altura da Terra, com nada mais do que a ponta dos seus dedos para segurá-lo, enquanto você se balança desesperadamente para tentar alcançar algum lugar mais alto para se apoiar. Apesar de ser uma ação que já se tornou corriqueira nas franquias Uncharted e Tomb Raider, a experiência de escalada se torna muito mais intensa e pessoal com um aparelho de realidade virtual grudado no seu rosto. The Climb, da desenvolvedora Crytek, trata principalmente dos perigos da escalada. Não jogue se você tiver medo de altura, vale avisar.

The Assembly

Plataformas: Oculus Rift, PlayStation VR, e HTC Vive
The Assembly tem um dos mundos que melhor foi pensado para ser produzido em uma experiência de realidade virtual. Na E3 de 2015, a desenvolvedora nDreams explicou com convicção o pano de fundo da experiência e deu detalhes de como cada personagem teria perspectivas diferentes do mesmo conjunto de eventos no game. Jogar através de diferentes pontos de vista não apenas torna a experiência interessante e inovadora, mas também ativa a nossa própria perspectiva em relação a ela. Aventuras mais lentas e ponderadas são excelentes para a realidade virtual, e The Assembly está tentando se tornar uma referência nesse gênero.

Rez Infinite

Plataformas: PlayStation 4 e PlayStation VR
O Rez original, lançado em 2001, era equivalente ao que nós pensávamos que o futuro bizarro da ficção científica seria nos anos 1980. Rez Infinite é uma versão melhorada e visualmente mais interessante do clássico da Sega, e certamente vai ser uma das experiências mais psicodélicas disponíveis para a realidade virtual. Sendo metade um game de música e a outra metade um jogo de tiros, REZ Infinite vai arrancar muitos suspiros dos fãs mais nostálgicos... e algumas vertigens de jogadores despreparados.

Adr1ft

Plataformas: Oculus Rift e PlayStation VR
Talvez a única coisa mais aterrorizante do que ser enterrado vivo seja ficar vagando eternamente pelo espaço sideral. Adr1ft tem o objetivo de nos trazer uma das simulações mais reais de um pesadelo que nós provavelmente nunca gostaríamos de viver. O game nos coloca no papel de um astronauta perdido no espaço, e nós não conseguimos decidir se nossos estômagos estão embrulhados por causa do medo ou da ansiedade.

Affected

Manor-12
Plataforma: Oculus Rift
E por falar em terror, essa não seria uma boa lista de games VR sem algum jogo que nos deixará de pernas bambas e tremendo de medo. Affected está sendo tratado como o grande jogo de terror da realidade virtual, o que é algo um tanto ousado de se afirmar. Felizmente, parece que o pessoal do estúdio Fallen Planet vai entregar o que promete. A sensação de isolamento e a qualidade imersiva da realidade virtual são perfeitos para nos matar de medo. Eu nós aqui não sabemos se vou ter coragem de encarar essa.

Lucky's Tale

Plataforma: Oculus Rift
Uma nova plataforma de jogos não estaria completa sem um mascote para jogos de plataforma. Você pode ficar tentando entender qual é sentido de se fazer um platformer em terceira pessoa para um dispositivo VR, mas depois de testar Lucky's Tale, tudo começa a fazer sentido. Um bom uso de escala e verticalidade faz com que este título inove em um gênero que já estava ficando defasado. Lucky's Tale foi produzido especialmente para a realidade virtual, e provavelmente não vai ser tão bom assim fora dela.

Rigs

Plataforma: PlayStation VR
Curiosamente, shooters em primeira pessoa de ritmo acelerado, um dos gêneros mais lucrativos e populares da indústria de games na atualidade, têm poucos representantes para dispositivos VR até o momento. Por sorte, Rigs, jogo que combina combate em primeira pessoa entre robôs gigantes e esportes, tenta preencher esse vazio. Baseado no que vimos e testamos do game, o game parece uma versão em realidade virtual de Tournament -- com um pouco de basquete no meio. É um dos games mais rápidos e excitantes para realidade virtual até agora, além de ser um dos mais bonitos.

AltspaceVR

maxresdefault (3)
Plataformas: Oculus Rift, HTC Vive, Perception Neuron, Leap Motion, Microsoft Hololens e Samsung Gear VR
Por último, mas não menos importante, está AltspaceVR, uma aplicação muito útil e interessante da tecnologia de realidade virtual. Este é mais uma plataforma social para dispositivos VR do que um game em si. As emoções dos avatares são baseadas em seus próprios movimentos e expressões, o que imediatamente cria um senso de interação entre as pessoas. Tivemos o prazer de jogar uma mesa do RPG Dungeons & Dragons com o AltspaceVR, e parecia que estávamos todos na mesma sala, juntos, em vez de espalhados por várias partes do mundo
Compartilhar Google Plus

Autor Laudison Almeida

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

0 comentários :

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial